Os piores alimentos
Além da questão de beleza e estética, os perigos desses alimentos são um risco para sua saúde. Por isso, consultando vários nutricionistas, elaboramos uma listados dez piores alimentos:
  nutricao beleza e estetica  

10º lugar: Sorvete

Apesar das versões mais saudáveis, os nutricionistas advertem que esse alimento geralmente possui altos níveis de açúcar e gorduras trans, além de corantes e saborizantes artificiais, muitos dos quais possuem neurotoxinas – substâncias químicas que podem causar danos no cérebro e no sistema nervoso.

   

9º lugar: Salgadinho de milho

Estes alimentos causam flutuação dos níveis de açúcar no sangue, levando a mudanças no humor, ganho de peso, irritabilidade, entre outros sintomas. Além disso, a maior parte desses salgadinhos é frita em óleo, que vira ranço e está ligado a processos inflamatórios.

  nutricao beleza e estetica

  nutricao beleza e estetica  

8º lugar: Pizza Congelada

A maioria das que são vendidas congeladas em supermercados está cheia de condicionadores de massa artificiais e conservantes. Feitas farinha branca, essas pizzas são absorvidas pelo organismo e transformadas em açúcar puro, causando aumento de peso e desequilíbrio dos níveis de glicose no sangue.

   

7º lugar: Batata frita

Batatas fritas contêm não apenas gorduras trans,acrilamida(uma das mais potentes substâncias cancerígenas presentes em alimentos), além dos óleos utilizados para fritar as batatas que se tornam rançosas na presença do oxigênio ou em altas temperaturas, gerando alimentos que podem causar inflamações no corpo e agravar problemas cardíacos, câncer e artrite.

  nutricao beleza e estetica

  nutricao beleza e estetica  

6º lugar: Salgadinhos de batata

Estes salgadinhos contêm altos níveis de acrilamida.

   

5º lugar: Bacon

Carnes processadas, como bacon, pode aumentar o risco de doenças cardíacas em 42% e de diabetes em 19%. Comer 14 porções de bacon por mês pode danificar a função pulmonar e aumentar o risco de doenças ligadas ao órgão, é a conclusão de um estudo da Universidade de Columbia.

  nutricao beleza e estetica

  nutricao beleza e estetica  

4º lugar: Cachorro-quente

As salsichas (carnes processadas) pode aumentar o risco de câncer de pâncreas em 67%. Outro ingrediente encontrado é o nitrito de sódio, substância cancerígena relacionada a doenças como leucemia em crianças e tumores cerebrais em bebes. Outros estudos apontam que a substância pode desencadear câncer colorretal.

   

3º lugar: Donuts (Rosquinhas)

Apenas uma rosquinha contém em média mais de 300 calorias compostas de 40% de gorduras trans, substância relacionada a doenças cardíacas e cerebrais, além de câncer. Além do açúcar, condicionadores de massa artificiais e aditivos alimentares.

  nutricao beleza e estetica

  nutricao beleza e estetica  

2º lugar: Refrigerante

Uma lata de refrigerante possui em média 10 colheres de chá de açúcar, entre 30 e 55 mg de cafeína, além de estar repleta de corantes artificiais e sulfitos. Somente isso já deveria fazer você repensar seu consumo de refrigerantes.

São necessários 30 copos de água para neutralizar a acidez de uma lata, o que pode ser muito perigoso para o funcionamento renal. Os ossos funcionam como uma reserva de minerais, como o cálcio, que são despejados no sangue para ajudar a neutralizar a acidez causada pelo refrigerante, enfraquecendo os ossos e podendo levar a doenças como osteoporose, obesidade, cáries e doenças cardíacas.

   

1º lugar: Refrigerante Diet

Além dos problemas dos refrigerantes tradicionais, os "diet" contêm aspartame (AminoSweet). Uma pesquisa de Lynne Melcombe, concluiu que essa substância está relacionada a: ataques de ansiedade, compulsão alimentar e por açúcar, defeitos de nascimento, cegueira, tumores cerebrais, dor torácica, depressão, tonturas, epilepsia, fadiga, dores de cabeça e enxaquecas, perda auditiva, palpitações cardíacas, hiperatividade, insônia, dor nas articulações, dificuldade de aprendizagem, TPM, cãibras musculares, problemas reprodutivos e até mesmo a morte.

Os efeitos do aspartame ainda podem ser confundidos com a doença de Alzheimer, síndrome de fadiga crônica, epilepsia, vírus de Epstein-Barr, doença de Huntington, hipotireoidismo, doença de Lou Gehrig, síndrome de Lyme, doença de Ménière, esclerose múltipla, e pós-pólio. É por isso está no topo entre os pioresalimento.

  nutricao beleza e estetica

Frutas e legumes contribuiem para a limpeza dos dentes
 
  nutricao beleza e estetica  

Segundo especialistas, alimentos fibrosos, como legumes e frutas frescastambém contribuem para a limpeza dos dentes, ajudando a prevenir cáries e a manter uma boa saúde bucal. Segundo cirurgiões-dentistas da Faculdade de Odontologia São Leopoldo, esses alumentos, por serem duros, são capazes de limpar a superfície dos dentes por meio do próprio atrito provocado pela mastigação, removendo resíduos e placa bacteriana.

Os alimentos recomendados que limpam os dentes e os protegem são a maçã, a pera, a melancia, o kiwi, a cenoura, o pepino, a acelga e o aipo, assim como as nozes e as castanhas. Os especialistas ressaltam, no entanto, que apesar de con-tribuírem para a higiene bucal, eles não substituem a limpeza com creme e fio dental, fundamental após todas as refeições. "As maçãs possuem um mecanismo de ação interessante. Contêm polifenóis que estimulam a saliva e ajudam na limpeza dos dentes. Mas, por serem ácidas, apresentam o risco do desenvolvimento de cárie. Assim, a escova e o fio dental nunca devem ser dispensados", explica a professora Luciana Butini Oliveira.

Segundo a especialista, o consumo desses alimentos é indicado para qualquer idade. "Em crianças, por exemplo, é recomendada a introdução gradativa de alimentos sólidos por volta dos seis meses de idade, para que ela aprenda a mastigar e a desenvolver adequadamente as estruturas musculares da arcada dentária", explica a cirurgiã-dentista.

Luciana Oliveira acrescenta que a mastigação é muito importante e precisa ser realizada de forma correta. "Ela deve ocorrer com os lábios fechados e com os músculos mastigatórios mantendo os dentes em forte oclusão, principalmente na presença de alimentos duros. Sem a trituração dos alimentos de forma correta, eles acabam sendo digeridos em pedaços que podem provocar problemas gástricos".

Ricos em vitaminas A, B6, B12, C, D, E, K e ácido fólico, as frutas, os legumes e as verduras, de modo geral, têm baixo teor de açúcar e menos gordura se comparados aos alimentos considerados "vilões" da saúde bucal. O mel, o açúcar, refrigerantes, balas, bombons, bolachas doces e recheadas, gomas de mascar e outras guloseimas consumidas no dia a dia, ao contrário dos alimentos fibrosos, produzem ácidos que reduzem o PH da saliva, o que aumenta a proliferação de bactérias e o risco do desenvolvimento da cárie.
Fonte: www.nutricaohoje.com.br

Dicas
Nutriterapia é tema de palestra gratuita no FasTracKids Alto de Pinheiros
  nutricao beleza e estetica  

Postado por Zildda Brandaoh no dia 11/08/2011 às 14:3

O FasTracKids Alto de Pinheiros receberá dia 13 de agosto a visita da nutricionista Débora Rosa, criadora da Nutriterapia, para esclarecer dúvidas sobre alimentação infantil.

Criada no início de 2008, a Nutriterapia tem como principal objetivo oferecer atenção nutricional personalizada e especializada em gestantes e crianças, para promover saúde na fase gestacional e no período de desenvolvimento da criança.

A profissional falará aos pais do curso "FasTrack Singing", voltado justamente para crianças a partir de 6 meses de idade, sobre a importância da alimentação nos primeiros anos de vida. Como escolher, comprar e preparar as refeições das crianças.

O evento é aberto ao público.

 

Anvisa faz alerta sobre consumo de ração humana
Nutriterapia é tema de palestra gratuita no FasTracKids Alto de Pinheiros
  nutricao beleza e estetica  

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou um alerta sobre o consumo de "ração humana". A substituição de refeições por esse alimento pode gerar problemas de saúde devido à carência de nutrientes.

Composto por mistura de diferentes cereais, farinhas, farelos, fibras e outros ingredientes, como guaraná em pó, gelatina em pó, cacau em pó, levedo de cerveja, extrato de soja, linhaça e gergelim.

O informe técnico da Agência destaca, ainda, que a expressão "ração humana" não pode ser utilizada na venda desses produtos por não indicar a verdadeira natureza e característica do alimento. Além disso, alegações de propriedades medicamentosas, terapêuticas e relativas a emagrecimento não podem constar do rótulo ou material publicitário do produto.


Fonte: www.estadao.com.br