BLOG

Cresce a busca por técnicas menos invasivas

Cirurgia Plástica tecnicas-menos-invasivas

A busca por procedimentos menos invasivos começou nos Estados Unidos, mas também ganhou espaço entre os brasileiros que desejam realizar procedimentos cirúrgicos estéticos. Embora em comparação com o ano de 2014, as intervenções para fins reconstrutores ou puramente estéticos tenham avançaram 23% e 8% respectivamente, de acordo com o último censo realizado em 2016 pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a busca por alternativas menos invasivas, como a aplicação de toxina botulínica (botox) e preenchimentos em geral, avançaram em 390% no mesmo período. Tal percentual já representa 47,5% dos procedimentos realizados, enquanto que, em 2014, ele não passava de 17,4%.

Graças a essa tendência, até mesmo os profissionais do setor estão priorizando os procedimentos menos invasivos em suas cirurgias, momento em que optam por pouca área de corte, resultados rápidos e estadias mais rápidas em clínicas ou hospitais. Quem ganha com toda essa mudança é o próprio paciente que adquire um novo visual e ainda pode voltar às atividades cotidianas com muito mais rapidez.

Comment here